Saia dos processos manuais: utilize sistemas online de gestão

Resumo: Conheça os vários recursos de um sistema de gestão online: ambiente para gestão de multitarefas, módulo de acompanhamento de resultados financeiros, armazenamento de documento em nuvem e muito mais!

Os sistemas de gestão representam um ganho e tanto para o bom andamento das rotinas administrativas de pequenas e médias empresas. Para quem não conhece, esse tipo de ferramenta conta com inúmeros recursos, que vão desde módulos de gestão financeira, passando pelo armazenamento de documentos em nuvem e vão até ambientes de gerenciamento de tarefas.

Para que você possa visualizar na prática todas essas vantagens, falaremos no post de hoje sobre cada um desses recursos e de como eles podem fazer toda a diferença no dia a dia de sua empresa. Não deixe de conferir!

Centralização da gestão de tarefas

Uma das grandes dificuldades de gestores de pequenos negócios reside na delegação de tarefas. Isso porque existe uma pretensão em dar conta das atividades mais estratégicas sem o auxílio de outros colaboradores, o que na maioria dos casos acaba comprometendo o resultado dos processos de trabalho.

Com um bom sistema de gestão, você poderá usufruir de um recurso que muito pode lhe ajudar a decentralizar algumas tarefas e, ao mesmo tempo, acompanhar de perto a execução delas. Esse tipo de ferramenta conta com um ambiente próprio para gerenciamento de tarefas, que normalmente permite dividir o trabalho em etapas, que ficam a cargo de perfis específicos (seja o seu próprio perfil ou de outros funcionários que também terão acesso ao sistema).

Por esse tipo de organização, portanto, você pode acompanhar quem está fazendo, qual tarefa está sendo executada e o prazo de entrega, o que lhe permite alcançar uma visão sistêmica sobre todas as atividades em andamento.

Armazenamento de documentos em nuvem

Imagine poder salvar de forma prática e segura toda documentação cadastral de fornecedores, registros escriturais e contábeis de sua empresa, além de poder acessar tudo isso de forma rápida e fácil?

Hoje já existem sistemas em nuvem gratuitos que oferecem essa possibilidade, mas o espaço disponibilizado nem sempre é o bastante para comportar grandes volumes de arquivos. Com um sistema de gestão online você não terá essa preocupação, pois a maioria dessas ferramentas permite que você contrate tanto espaço quanto for necessário.

Também não podemos deixar de destacar as vantagens de chegar a esse nível de organização de toda a documentação referente a várias interfaces de seu negócio. Na hora de tomar um empréstimo bancário, por exemplo, é preciso reunir vários tipos de relatórios e registros contábeis que comprovem a saúde financeira da empresa, além de outros tipos de documento que atestem a regularidade fiscal junto ao governo.

Imagine ter que correr atrás de toda essa papelada que está espalhada por diferentes locais, sejam físicos ou em meio digital? Em alguns casos, gestores de pequenos e médios negócios nem sabem onde encontrar tudo e acabam perdendo tempo em busca da emissão de segundas vias de relatórios, certificados e afins.

Módulo de gestão financeira

Todo mundo sabe que é indispensável acompanhar os resultados financeiros de sua empresa. No entanto, essa obrigação é negligenciada, muitas vezes, pela baixa capacidade gerencial de pequenos e médios negócio, que encontram dificuldades, até mesmo, para fazer seu fluxo de caixa.

Com um sistema de gestão, você poderá não só fazer seu fluxo de caixa de forma muito mais assertiva, como emitir relatórios variados, como de despesas a pagar, de lançamentos futuros, de pagamento de fornecedores, entre muitos outros. Também é possível acompanhar indicadores de qualidade do gasto em sua empresa, que são uma espécie de termômetro de como andam suas finanças

E aí, o que você achou do post de hoje? Deixe sua opinião nos comentários e conte para gente qual o seu interesse em contar com um sistema de gestão online!

Resumo: Conheça dicas feitas sob medidas para PMEs que precisam vender mais e alavancar o faturamento.

Em tempos de crise, todos estão em busca de dicas sobre como vender mais. Afinal de contas, com a queda das receitas, é preciso agir rápido para reverter esse quadro de adversidade e reequilibrar as contas.

Acontece que muito do conteúdo encontrado sobre o tema traz sugestões que estão muito longe da realidade das pequenas e médias empresas, que contam com orçamento limitado e uma equipe enxuta. Isso acaba frustrando os empreendedores em busca de soluções que se adequem a sua realidade.

Pensando exatamente nessa situação, preparamos este artigo com dicas sobre como vender mais se valendo dos recursos que você tem em mãos. Isto é, vamos tratar de estratégias que não envolvem grandes investimentos e que são compatíveis com capacidade gerencial de pequenos e médios negócio. Não deixe de conferir!

Aposte em vendas para sua atual carteira de clientes

Um impulso quase automático de muitos gestores de departamentos comerciais quando traçam estratégias para vender mais é promover ações para captar novos clientes. Esse é um caminho válido, mas que deve ser antecedido da aposta na sua atual carteira de clientes.

Para isso, é interessante se fazer sempre lembrado a partir do envio de ofertas e promoções para os contatos mantidos em cadastro. Para os clientes mais estratégicos, com as quais se tem relação mais próxima, convém ligar diretamente e sondar se se a pessoa está precisando de algo.

Resgate pedidos de orçamento pendentes

Na mesma linha do que foi apresentado no tópico anterior, outra boa dica para aumentar as vendas é resgatar pedidos de orçamento pendentes. Não se esqueça que muitos potenciais clientes fazem levantamento com várias empresas e se sua equipe de vendas se mostrar proativa e retomar contato depois de algum tempo sem resposta, as chances de fechar negócio aumentam.

E ao reativar esse contato, é interessante verificar quais as expectativas do cliente em relação aos preços do produtos e serviços. Com esse tipo de informação é possível identificar se sua empresa pratica preços competitivos e está em condições de concorrer com outros negócios do mesmo segmento.

Aprenda a trabalhar com a sazonalidade do mercado

Tanto o setor de serviço quanto o de comércio tem o que podemos chamar de sazonalidade. Isso nada mais é que a oscilação entre períodos de mercado aquecido, em que há um elevado volume de vendas, e períodos de mercado desaquecido, com menor volume de vendas.

Para que seu negócio opere de forma segura durante todo o ano, é mais que necessário se planejar para esse tipo de oscilação. E em se tratando de vendas, especificamente, é preciso reunir esforços para que aqueles meses de maior demanda sejam os melhores possíveis nas vendas.

Para isso, não hesite em contratar funcionários temporários, em deixar as centrais de vendas ou lojas operando por mais horas e, principalmente, fazer uma boa gestão de estoque para que nunca faltem produtos para pronta entrega.

Conheça o histórico de compras de seus clientes

Acompanhar o histórico de compras de seus clientes é mais uma das dicas sobre como vender mais que geram resultados sem envolver nenhum impacto financeiro. Mas como isso funciona exatamente?

Tudo é muito simples, pois basta sua equipe gerenciar o histórico de compras dos clientes e verificar qual a periodicidade em que elas são feitas. No caso de vendas B2B (entre empresas), por exemplo, você pode verificar em quais épocas do mês ou do ano determinado parceiro recorre demanda determinado tipo de produto ou serviço.

Com isso, em data próxima a esse período sua equipe de vendas já pode estabelecer contato na tentativa de confirmar a venda e mostrar sempre disponível para o que for preciso e até mesmo sugerir outros produtos.

Com o post de hoje com dicas sobre como vender mais, esperamos ter apresentado estratégias que estejam contextualizadas à realidade das pequenas e médias empresas. Como você deve ter visto, é possível mudar o panorama do setor comercial de sua empresa a partir de medidas muito simples.

E para continuar a acompanhar mais conteúdo em nosso blog, sugerimos a leitura de mais este artigo sobre Inadimplência: como evitar e resolver.